A obesidade é um problema genético?

A obesidade é um problema genético e pode trazer sérias consequências, mas com alimentação regrada e atividades físicas é possível reverter

Atualmente a obesidade é considerado um dos mais sérios problemas enfrentados pela saúde pública, onde o número de pessoas com excesso de peso tem aumentado consideravelmente dentre elas podemos encontrar crianças e adolescentes.

Obesidade é considerada uma doença crônica na qual é caracterizada pelo excesso de gordura corporal se acumulando em diversas partes do corpo, ocasionando sérios problemas relacionados a saúde em alguns casos extremos leva até a morte.

Nos últimos anos o número de obesos vem crescendo cada vez mais, onde pode estar relacionada as mudanças na sociedade. Muitos acreditam que a obesidade é um problema genético, mas ela também pode estar relacionada a outros fatores.

Obesidade-é-um-problema-genético

 

O que pode ocasionar a obesidade?

Não somente a genética, mas fatores no dia a dia podem influenciar no aumento de peso causando a obesidade. Aumento dos alimentos industrializados, comidas congeladas e conservadas por muito tempo e ainda os lanches rápidos nos fast foods.

Lanches como este dos fast food são muito procurados devido a rapidez no preparo, porém contribuem para o aumento de peso com grande concentração de gorduras saturadas e altos índices calóricos aumentando a concentração de gordura localizada.

Médicos e pesquisadores apontam que a obesidade é decorrente da vida moderna e a falta de ensinamentos e incentivo de praticar atividades físicas, onde o problema acaba sendo relacionado a genética, sedentarismo e principalmente as influencias familiares.

Obesidade é um problema genético

Assista ao vídeo e veja as dicas da nutricionista sobre a obesidade ser um problema genético, ela é oriunda da genética mais que com práticas saudáveis o problema pode ser revertido levando uma vida melhor e mais saudável.

Obesidade infantil

Obesidade-infantil

 

Um dos índices que assusta os profissionais da saúde é o número de crianças com problemas relacionados a obesidade, que pode ser acarretado pela genética sim, mas também pelos maus hábitos familiares e sedentarismo.

Os pais devem incentivar os filhos a praticar atividades físicas fora do horário escolar, consumir alimentos mais saudáveis e menos calóricos, evitar o consumo excessivo de refrigerantes além de excluir do cardápio os doces e liberar somente aos finais de semana.

Mas para isso acontecer é preciso que o exemplo venha dos próprios pais, já que crianças que crescem em um família com bons hábitos alimentares e adeptas as atividades dificilmente será obesa ou ter sobrepeso.

Saiba mais sobre a obesidade infantil

Conheça as dicas que podem ajudar a melhorar os hábitos da família e evitar a obesidade infantil.

Diante essas dicas e alertas você pode levar uma vida melhor e mais saudável, mesmo a obesidade sendo um problema genético ela pode ser combatida com a adaptação em hábitos saudáveis e prática regular de atividades físicas.

Tenho Certeza Que Você Vai Gostar Também:

DEIXE UMA RESPOSTA

Seu email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *

*

Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.